Tutorial Pirâmide – Parte 4

Parte 4 – Molde de Silicone

Nesta parte vou mostrar como fiz o molde da pirâmide que fiz em Clay, mostrada na Parte 3.

Aqui não tem muito segredo, é fazer o molde da forma que já se conhece. Então vou dar as dicas de como eu fiz, que podem ser aplicadas em outros moldes também.

O primeiro passo é fixar a pirâmide em uma base. No meu caso eu fixei numa base que uso para esculturas mesmo, pois o silicone é fácil de desgrudar de qualquer coisa.

Eu fixei com plastilina, vedando a base para que o silicone não entrasse por baixo. Depois eu fiz as paredes do molde.

Dica: Depois de fixada na base, você pode aproveitar para dar um último acabamento, evitando de tocar com os dedos, assim elimina todas as marcas de digitais.

Para economizar silicone, em vez de fazer paredes em bloco quadrado, eu fiz uma capa em forma de pirâmide, deixando só a espessura necessária para segurar o formato, aproximadamente 2 cm de distância da peça.

 

Novamente usei a boa e velha caixa de leite…rsrs! E antes de colar é bom verificar se as medidas e o espaçamento ficaram bons.

Dica: A base precisa estar muito limpa e ser bem lisa, porque senão a cola quente não segura e pode vazar. Recomendo até fazer uma base com papel de leite por baixo, porque facilita para tirar depois que o silicone curar. Eu não fiz isso, tive um trabalhão, fiquei com medo de estragar o molde tentando desgrudar da base.

 

Agora é só jogar o silicone para fazer o molde. Não preciso dizer que a capa precisa estar bem vedada nas emendas, né? Eu testei com água para vedar totalmente.

 

A meleca toda foi porque eu não colei direito a capa na base, daí começou a vazar quando joguei o silicone. Então rapidamente tive que apelar para um recurso tático de emergência…rsrs!

Não faça isso, cole direito a capa na base! Depois é só esperar curar e tirar o molde, aparar as rebarbas etc.

 

 

 

Pronto! Tá aí seu molde de pirâmide. Até aqui não tem nada de novo.

Daqui pra baixo tem umas dicas totalmente opcionais. Eu fiz umas coisas diferentes do básico, pra garantir que não teriam bolhas no molde e ao mesmo tempo economizar material.

Usei uma técnica em duas etapas. Primeiro eu pincelei uma fina camada de silicone sobre a pirâmide. E só depois eu coloquei a capa e joguei o restante do silicone para completar o molde.

Importante: Precisa esperar curar a parte pincelada, senão quando jogar o restante poderá causar falhas.

Se você reparar na foto acima ampliada (clique nela para abrir maior), vai perceber que a parte interna que forma a pirâmide está totalmente lisa e sem falhas, enquanto o restante está mais rústico, pois foi misturado com farofa de moldes velhos. Se eu não fizesse isso, teria que jogar silicone líquido puro inteiro, e gastaria muito mais, além do risco de ficar bolhas na superfície em contato com a pirâmide em clay. Já tive problemas assim antes.

Vantagens da técnica de pincelagem:

  • Você garante a qualidade da cópia da peça, principalmente no caso de peças com muitos detalhes, o que obviamente não é o caso da pirâmide.
  • Você não precisa se preocupar muito com as bolhas no silicone quando for derramar o restante para preencher o molde. Inclusive eu misturei violentamente com farofa de moldes velhos, sem esquentar a cabeça, e joguei de uma vez, pois a parte interna já estava garantida.

Desvantagens da pincelagem:

  • Dá um trabalho do C@%@&#*!

A essa altura você deve estar me perguntando:

Mas usou aerosil no silicone azul?

Não. Até porque o silicone azul não pode ser usado com aerosil. Se você fizer com o silicone branco espessado é a mesma coisa.

Então qual o segredo para grudar e não escorrer?

Paciência. Você precisa ficar puxando o silicone e pincelando conforme ele escorre, até que ele comece a endurecer e não escorra mais, principalmente no topo e nas arestas, onde sempre fica exposto.

 O que você usou para pincelar? 

O próprio palito de sorvete que usei para misturar o catalisador. É só tomar cuidado de não encostar o palito direto na peça.

E porque não usou o silicone branco com aerosil?

Porque pra mim não compensa, pois ele sai muito mais caro para usar com peças pequenas e em pouca quantidade, que é o meu caso. Faço apenas por hobby no momento. Já fiz essa avaliação anteriormente. O silicone branco com aerosil só compensa financeiramente para aqueles moldes enormes em tamanhos grandes, como estátuas em torno de meio metro por exemplo, onde vai ser usado contramolde de gesso ou fibra de vidro.

Teoricamente você já pode usar esse molde para tentar fazer a sua pirâmide cristal perfeita de resina. Eu acabei fazendo um segundo molde, mas isso é história para a próxima parte. Mas se quiser parar por aqui, você já tem um molde razoável para fazer pirâmides em resina ou gesso.

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s